logo © 2011 aab arquitectura lda

EQUIPAMENTOS > REMODELAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA IGREJA DE SOBRADO

 

localização: Sobrado, Valongo

data de projecto: 2009

fase: construída

 

A intervenção teve como intenção redesenhar o presbitério e recolocar as peças de modo a aproximar a presidência da assembleia. Neste sentido aumentamos a área do presbitério respeitando, no entanto, as diferenças de cota existentes e que estão ancoradas aos altares (mor, frontais e laterais), aos acessos laterais e Sacristia. Optou-se por avançar o supedâneo de modo a aproximar o Altar e integrar o Ambão de maneira a que ficasse visível de toda a assembleia. A utilização de um único material na elaboração das várias peças que compõe a Capela Mor conferiu um novo sentido de unidade e uma nova leitura ao espaço.

CAPACIDADE DE LOTAÇÃO DA IGREJA
Eliminaram-se os degraus existentes tornando o espaço da assembleia totalmente de nível. Recuaram-se as bases dos altares frontais e laterais o que permitiu aumentar a capacidade, ganhando-se aproximadamente mais 20 lugares sentados. A regularização da cota implicou um afastamento do soalho às paredes de modo a não interferir com os azulejos e ajudou a dissimular as infra-estruturas eléctricas. Esta nova cota traduziu-se no exterior numa plataforma de granito rematada por dois degraus e uma rampa adoçada lateralmente que resolve o acesso às pessoas com mobilidade condicionada.

RECONFIGURAÇÃO DO CORO E ALTERAÇÃO DO ACESSO PELO INTERIOR
Criou-se uma nova estrutura em anfiteatro com capacidade para 30 pessoas e garantiu-se a meio um espaço amplo para a instalação de um órgão. A escada que, para já, é exterior será futuramente integrada no novo edifício que albergará o museu.

DA INTERVENÇÃO NO SEU CONJUNTO
De modo sucinto a intervenção reflecte a preocupação em depurar o espaço de uma densidade decorativa, por vezes dissonante, procurando conferir um novo sentido de harmonia e leveza assente numa linguagem contemporânea. Os azulejos da fachada principal foram retirados, enquanto os interiores foram limpos, refeitos e readaptados. As carpintarias foram redesenhadas dentro de uma lógica comum, tal como, os caixilhos dos vãos foram substituídos por uma solução mais leve em aço e vidro. Os nichos interiores foram aproveitados para expor e valorizar imagens. O guarda-vento foi redesenhado de modo a enquadrar-se com a nova proposta de redesenho do espaço interno.
Por último a iluminação foi estudada de modo a valorizar tanto os altares como o tecto da Capela Mor. A intervenção fica completa com a colocação do Altar, do Ambão, das cadeiras da Presidência e dos Acólitos, que serão em latão polido, tal como alguns pormenores pontuais: dos puxadores, da tampa da pia baptismal e dos tocheiros.

Equip0
Equip1
Equip2
Equip3
Equip4
Equip5
Equip6
Equip7
Equip8
Equip9
Equip10
Equip11
Equip12